Sem categoria
single image

Com as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, muitas soluções estão ganhando força no meio digital como promotoras de desenvolvimento e forte cunho social. Mesmo afastados, muitos nunca estiveram tão próximos, graças às possibilidades, que até então eram sub-exploradas, da conectividade digital.

O brasileiro Tiago Noel, entusiasta da tecnologia digital e mestre em Programação Neurolinguística, resolveu investir em iniciativas digitais que fazem a diferença na vida das pessoas onde quer que elas estejam. Agora, com a pandemia, viu seus projetos digitais ganharem ainda mais força e alcance, levando educação, cultura e ferramentas para o ensino a milhares de pessoas.

Digital com foco no social


Residente nos Estados Unidos, Tiago Noel criou uma plataforma revolucionária, que além de dar a oportunidade de brasileiros aprenderem inglês com professores nativos norte-americanos a preços mais baixos que a média de mercado, ainda promove ação social ao empregar moradores de rua, que passam por curso de capacitação e didática, para lecionar na sua plataforma.

“O Soulphia é um dos meus principais projetos online. É uma escola de inglês onde as professoras eram todas de cidadania estadunidense, mulheres moradoras de rua que precisavam de alguma oportunidade de recolocação profissional. Eu então ajudava no desenvolvimento e reintegração social dessas mulheres e lançava os seus cursos no mercado da educação. Tem dado muito certo, tanto para quem aprende através das aulas como para quem tem a oportunidade de um novo começo com a recuperação da própria dignidade.”

Possibilidades pós pandemia


Para Tiago, a situação da pandemia é uma oportunidade para reavaliarmos conceitos e transformarmos determinados processos e metodologias: “Através do digital acho que não tem limite visível para onde queremos chegar. As possibilidades pós pandemia são diversas e a tecnologia é o meio de chegarmos lá. Meu grande objetivo é expansão. Metade do Brasil não tem ainda sequer acesso à internet e a Europa não desenvolveu o mercado digital ainda. Precisamos expandir para esses mercados e colaborar com o desenvolvimento econômico, social e humano. Temos por aí muita gente querendo falar coisas muito importantes, e nosso trabalho é transportar essas mensagens da melhor forma possível. Enquanto eu puder expandir meus projetos e transformar a vida das pessoas, continuarei fazendo isso.”

Fonte: Observatório dos Famosos

Comentários